Antologia Entre Amigos.

3.12.17


Para quem não sabe, no começo do ano eu participei de uma antologia maravilhosa da Sinna, a Antologia Entre Amigos. E já estava na hora de eu tomar vergonha na cara e fazer uma resenha para contar para vocês sobre os contos maravilhosos que eu encontrei dentro desse livro. Vamos lá?


Antologia Entre amigos.



O livro é uma antologia, isso significa que são contos de vários autores diferentes, recheado das histórias mais diversas, todas elas com algo em comum, a amizade. Entre os contos podemos encontrar vários tipos de amizades, aquelas que viram amor, as que perduram com o tempo, aquelas entre animais e seus donos. Histórias que realmente emocionam e nos deixam com um sorriso bobo no rosto depois que lemos.

Minha intenção era selecionar três contos preferidos para me aprofundar e resenhar, só que a emoção era tanta que não pude escolher só três e acabou sendo cinco!

Clube dos amigos imaginários. (Glau Kemp).


Thiago participa de uma reunião semanal com um grupo de terapia, isso porque existe uma voz em sua cabeça que sempre esteve ali, em todos o momento de sua vida. Os outros participantes também possuem vozes em suas cabeças, mas cada uma é de uma peculiaridade diferente. Essas reuniões sempre aconteciam, até que houve um acidente com o terapeuta e tudo foi cancelado. Thiago, então, pensou em seus colegas de terapia como amigos de verdade e decide resolver esse problema.

Olhos Fechados. (Célio Vieira).


Dona Neuza é uma senhora idosa, que vive em um asilo com seu amado marido, possui uma relação amistosa com sua cuidadora, Melissa, que já é considerada como parte da família. O aniversário de sessenta anos do casal se aproxima e Neuza se sente sozinha pelos demorados exames de rotina que seu marido deve fazer. Melissa, vendo seu sofrimento, resolve passar um tempo com a senhora que compartilha a história de como conheceu o seu amado, abre seu coração e fala sobre o abandono de seus filhos. Mas mesmo assim, ela se sente feliz por poder passar o resto de sua vida com o seu marido e dois cuidadores que os amam como uma verdadeira família.



Carpe Diem. (S.M. Oliver).


Nancy e Deb fizeram uma grande promessa quando eram pequenas, algo bobo, mas que no futuro teria um grande significado. Agora, um pouco mais velhas, Deb se encontra em uma posição complicada e ambas sabem que o seu fim está chegando. Nancy consegue dar-lhe seu último presente, um show do Maroon 5 para que a amiga se sinta viva novamente. De uma forma ou outra, ela sabe que Deb sempre estará ali presente com ela, sua essência se encontra nos pequenos detalhes.

“— Está pronto?”. (Wesley Mendonça).


Tiago não entende o que fez de errado para que seu melhor amigo, Fael, o ignore. Os dois haviam construído uma bela amizade desde a infância e compartilhavam de tudo, mas nesse instante estava confuso; todos, inclusive sua vó, o ignoravam. Ele não podia ficar longe de Fael por aquilo que um nutria pelo outro, decidiu tirar uma satisfação e acabou descobrindo algo que mudaria a vida de ambos para sempre.



Ser ou não ser. (Helena Dias).


Miguel é um adolescente de dezesseis anos e o grande protagonista da peça de Shakespeare, Hamlet. O grande problema é que seu pai autoritário não sabe sobre isso e o seu colega de teatro e paixão secreta, Lucas, o aconselha a dizer de uma vez por todas. Miguel não o faz e ao descobrir, o pai o proíbe de participar da peça, a única solução é fugir de casa com ajuda de Lucas para poder realizar o seu sonho. A apresentação é um sucesso, mas o pai de Miguel decide manda-lo para um colégio militar e os pais de Lucas querem manda-lo para longe. Juntos, os dois encontram uma solução para a distância que os separaria e decidem ser quem verdadeiramente são.

Hora da verdade.



O que dizer desse livro maravilhoso que a cada página te deixa sem palavras? A seleção de contos foi tão impecável que há para todos os gostos, a quantidade de contos LGBT é de aquecer o coração, tenho um orgulho tão grande de fazer parte dessa antologia tão amorzinho!

Eu ri, chorei, fiquei espantada, fui tomada por uma explosão de emoções e sorrisos bobos no rosto.

O conto “Clube dos amigos imaginários” foi o que mais me encantou por ser o mais diferente de todos, a ideia e a escrita são maravilhosas! É uma leitura muito gostosa e divertida que faz com que você queira entrar na cabeça da autora para descobrir de onde tirou personagens tão especiais. É realmente um conto inovador.

“Olhos fechados” foi um conto que tocou o meu coração e me fez refletir muito sobre a vida. Ri das histórias dona Neuza sobre como conheceu o marido, desejei ter uma relação como a deles, onde um sempre cuidou do outro. Quase chorei ao ler a mensagem que o casal deixaria para seus filhos, aqueles malditos que os abandonaram no asilo. Quase quis entrar no conto e dar uma lição de moral neles, mas isso ainda não é possível... quando for, será a primeira história que eu vou entrar! O final é capaz de revirar nossos sentimentos e demonstra que muita vezes não é preciso ter o mesmo sangue para ser uma família.



“Carpe Diem” é aquele conto emocionante que te causa arrepios ao chegar no final com tantas coincidências que podem não ser por acaso, o que te faz perguntar se existe algo além. Você se emociona ao ver o quanto uma amizade verdadeira é forte, como uma amiga é capaz de fazer de tudo pela outra e vice-versa, que as promessas mais importantes são aquelas feitas com o coração. Simplesmente amei, me arrepio só de lembrar, mas é o tipo bom de arrepio, viu?

“— Está pronto?” é o conto mais amorzinho da vida, que desperta uma curiosidade enorme. Seguimos o Tiago em sua busca por respostas, nos irritamos e ficamos aflitos junto com ele, mas ao chegar ao final, seu queixo cai e o corpo inteiro arrepia. Você não sabe se quer chorar de emoção ou entrar na história para abraçar todo mundo.



“Ser ou não ser” é outro conto amorzinho que dá vontade de entrar e dizer “now kiss”. A gente fica com uma raiva enorme do pai do Miguel, da sua estupidez em relação ao filho, de não deixar ele ser o que verdadeiramente é. Mas também fica meio bobo com a fofura da relação do Miguel e do Lucas. E as passagens da obra de Shakespeare foram super bem colocadas, dá até para imaginar como uma peça de teatro ou um filme na sua cabeça, com os títulos aparecendo ou sendo ditos. Adorei!

Todos os textos são muito bem escritos e de uma capacidade de despertar emoções nos leitores, cada um deles tem o poder de mexer com algo dentro da gente, por isso a antologia é maravilhosa. Claro que eu não gostei muito de alguns contos, mas foram bem pouquinhos, todos os outros estavam de deixar os olhos cheios de lágrimas, sejam elas de emoção ou de gargalhadas!


O meu conto na antologia se chama “Amizade de Férias”, e conta a história de Carla e Pedro, duas crianças que sempre passam as férias juntos em um lugar muito especial.



Não vou contar mais, porque vocês precisam ler com os próprios olhos essa antologia inteira!

Autores: Ayumi Teruya, Juliana Lima, Gika Mendonça, Vinícius Machado, Gleize Costa, Carolina Belisario, Camila Villalba, Marcio Zanini, Glau Kemp, Wesley Mendonça, Laurel García, Thássio Ferreira, Fê Jhones, S.M. Oliver, Nuccia de Cicco, Luan Jonathan, Glaucia Santos, Helena Dias, Rosa Chaves, Célio Vieira.
Editora: Sinna.

ASIN: B06W2GB159


Patinhas:
Comprar:

  • Share:

Posts Relacionados

2 comentários